Assado com Frios

13567439_612892348886187_1648951565707155565_nLanche da tarde, queijo e presunto, ou queijo e peito de peru, mortadela, salame, o que o seu paladar preferir. Não sei na sua casa, mas constatei que todo mundo acaba comprando um pouco mais de queijo e consegue acabar com ele antes do presunto ou afins.

Aí, você não quer consumir os frios (que sobraram) sem o queijo, nem mesmo deixá-los guardados na geladeira e muito menos jogar tudo fora. Desperdício está fora de questão. Por isso, a receita de hoje é uma solução simpática pros frios rejeitados se transformarem em ingredientes importantes do prato principal do almoço do dia seguinte.

– Uau!

– É, eu sei! rsrs

Vamos lá?

Do que vai precisar?

Panela de pressão

Refratário

Colheres

Prato

Faca

Liquidificador

Fogão

Ingredientes:

2 batatas grandes

Maionese

Sal a gosto

¼ de cebola

Orégano a gosto

Presunto (peito de peru, mortadela, salame ou similares)

2 ovos

1 copinho de iogurte natural

2 colheres (sopa) de farinha de trigo

Como fazer:

Coloque as batatas descascadas na panela de pressão, cubra com água e adicione sal a gosto. Deixe por aproximadamente 15 minutos após iniciar a pressão.

Depois de cozidas, fatie e distribua no refratário. Com uma colher de café (como medida), coloque a maionese por cima de cada fatia de batata e espalhe. Reserve.

Fatie o presunto (ou o ingrediente de sua preferência) em tirinhas finas e longas. Distribua por cima das batatas. Pique a cebola em pedaços bem miúdos e coloque por cima. Adicione orégano a gosto. Reserve.

Coloque os ovos, o iogurte natural, a farinha de trigo, uma colher (café) cheia de sal e 4 colheres (sopa) cheia de maionese no liquidificador. Bata até ficar homogêneo. Despeje por cima dos demais ingredientes que estão no refratário. Leve ao forno em fogo médio por 25 minutos. Tá pronto! Hummmm!

Coxinha

13226647_592062157635873_448527396709601127_nAtendendo um pedido especial, esta é a receita de hoje! 😉

Quem não gosta de uma coxinha? Esta delícia está presente em diversas ocasiões: no barzinho, na feira, na padaria e até em casa (pra variar!). Feita em casa é melhor ainda, pois o óleo é novinho e o recheio é no capricho. Ninguém merece comer salgadinho frito no óleo do “ano passado”, não é verdade? Então aproveite pra fazer a sua!

Vamos lá?

Do que vai precisar?

Xícaras

Colheres

Faca

Panelas

Panela de pressão

Pratos

Força nas mãos

Ingredientes:

1 xícara (chá) de água

2 xícaras (chá) de leite

2 caldos de bacon

1/2 xícara (chá) de batata cozida sem pele, espremida

1 colher (sopa) de margarina

2 xícaras e meia (chá) de farinha de trigo

Farinha de rosca

2 ovos batidos

Óleo

1 kg e meio de peito de frango

Requeijão

2 colheres de azeite

1 cebola

2 dentes de alho

Sal a gosto

Como fazer:

Antes de tudo, vamos deixar o recheio pronto pra não ter erro: cozinhe o frango com sal a gosto numa panela de pressão. Deixe por aproximadamente 20 minutos (depois que iniciar a pressão). Confira se o frango está bem macio, do contrário deixe por mais uns 10 minutinhos. Espere esfriar e desfie com a ajuda de um garfo.

Numa panela com azeite, frite o alho e a cebola. Depois acrescente o peito de frango desfiado. Acerte o sal. Deixe refogando por uns 5 minutos. Reserve.

Coloque a água, o leite, o caldo, a margarina e a batata numa panela grande, misture e deixe ferver. Acrescente a farinha de trigo e vá mexendo até a massa soltar do fundo da panela. Deixe esfriar.

Eu sei que você está esperando por uma deliciosa coxinha e quer acabar logo esta receita, mas não tenha pressa, deixe esfriar! Coloque uma música. Regue as plantas! Brinque com seu cachorro ou tire uma soneca. A massa fica bem quente e pode queimar sua mão. O negócio é relaxar, mesmo, e esperar…

Zzzzzz

Agora que a massa esfriou, você já pode brincar com ela! Obaa!

O próximo passo é colocar a mão na massa, literalmente! Se por acaso você foi brincar com seu amigo de quatro patas enquanto esperava, lave muitoooo bem as mãos!

Sabão e água, chuá, chuá… Tudo limpinho, é hora de untar uma superfície lisa (e limpa, também, é claro) para sovar a massa.

Força nas mãos e é hora de apertar, misturar, dobrar, sovar.

Serviço concluído? Faça bolinhas com a massa para depois abrir e rechear cada uma.

– Hein?

– Tire um pedaço da massa, faça uma bolinha e abra para rechear…

– Como assim, abrir?

– Você vai desfazer o formato de “bolinha” da massa, alisando com as mãos, até que ela fique parecida com uma pizza pequena (um círculo). Isso é abrir a massa. Ok?

– Ok! Nem precisou desenhar!

– Acho ótimo que não!

 Massa aberta, recheie com o frango e o requeijão (use uma colher de medida para que fique uma porção uniforme). Feche a massa em formato de coxinha.

No começo vão surgir formatos interessantes, pra não dizer engraçados, mas com o tempo vai melhorando. A última coxinha, nem vai parecer que é parente da primeira.

Num prato de sopa coloque o ovo batido e em outro a farinha de rosca. Passe a coxinha no ovo e depois na farinha de rosca (sabe aquela técnica, a “Milanesa”, que você já deve ter visto em alguma cozinha distante, lá da época da sua infância? Então! Finalmente chegou a sua vez de usá-la.).

Tudo pronto? Esquente o óleo numa panela e frite suas coxinhas. Não faça tudo de uma vez, vá com calma pra não grudar. Conforme for tirando da panela, coloque num prato com papel toalha pra absorver o excesso de óleo e ataque! Hummmm!

Se quiser mudar o recheio e o formato, fique a vontade! Bolinha de queijo e outros salgadinhos também ficam ótimos com esta massa!