Brigadeiro de Paçoca

15-doces-no-copinho-14Festas Juninas, Julinas e Agostinas, me aguardem.

Não sei na sua família, mas na minha é assim… Ás vezes atrasa tanto, que a festa junina vira agostina.

E pra você, que assim como eu, não sabe preparar canjica, arroz doce, vinho quente e quentão, pegue aquele pote de paçoca e dê outra finalidade a ele. Anote:

1 lata de leite condensado

1 colher (sopa) de manteiga

1 colher (sopa) de chocolate em pó

2 colheres (sopa) de leite em pó

1 caixinha de creme de leite

15 paçocas do tipo rolha (para amassar)

Preparo:

Faça o brigadeiro: manteiga, leite condensado, chocolate em pó (e no lugar das demais colheres de chocolate, coloque leite em pó). Antes de chegar ao ponto de brigadeiro, misture 5 paçocas (trituradas).  Mexa bem e coloque o creme de leite. Mexa mais, até ficar homogêneo.

Numa vasilha, coloque 5 paçocas trituras, depois despeje o creme e decore com as outras 5 paçocas trituradas. Leve à geladeira.

Na hora de servir, disponibilize copinhos individuais de brigadeiro. Ah! Esse creme também fica bom pra salvar aquele bolinho com gosto de nada e cara de ninguém. 😉

 

Anúncios

Creme de Papaia com Cassis (sugestão para o Dia dos Namorados)

cassiscover-660x437

Ontem fomos à casa da Pri pra um churras e chegamos atrasados, estrategicamente pra sobremesa (mas não foi de propósito, eu juro).

 

E a sugestão é para o dia dos namorados que vem chegando…

Anote os ingredientes:

3 unidades de mamão papaia;

Meio pote de sorvete de creme;

Licor de cassis a gosto.

Preparo:

Limpe, descasque e tire as sementes da fruta. Corte em cubos e bata no liquidificador com o sorvete até virar um creme. Coloque em taças individuais (e se quiser, leve ao freezer por 15 minutinhos pra manter a textura de sorvete, ou não), coloque uma colher de sopa de licor de cassis (ou mais) por cima do creme e sirva. Hummm… Delícia! 😉

Obs.: Não faça a receita com muita antecedência, pois o mamão pode escurecer.

 

Milkshake de Leite em Pó

hqdefault

Delícia!

Já tomou? Se a resposta for não, você não sabe o que tá perdendo.

Anota aí:

– Sorvete de creme de qualidade (sem miséria, vale a pena gastar um pouco mais e ter um sorvete cremoso na mesa. Acredite!);

– Leite em pó de qualidade (lembre-se, vale a pena! rs Pro resultado ficar top, você tem que tirar o escorpião do bolso, do contrário não compensa nem tentar fazer… é sério. rs);

– gelo.

Pegue seu liquidificador amigo e coloque um copo de sorvete, meio copo de gelo e meio copo de leite em pó. Bata.

Coloque o conteúdo num copo bem bonito, enquanto aprecia a consistência do Milkshake. Beba e sinta que o paraíso é aqui. rs

Pra fazer mais de um copo é só dobrar, triplicar, etc… Vai depender do número de pessoas (conte sempre uma receita por pessoa).  😉

 

Docinho de Abóbora

doces-halloween.jpg

Preparados pro Dia das Bruxas? Então estacione sua vassoura e vamos à receita!

Ingredientes:

300g de abóbora

1 lata de Leite condensado

1 colher (sopa) de manteiga

Açúcar de confeiteiro

Cravo-da-índia

Modo de Preparo:

Cozinhe a abóbora na água até ficar macia: aproximadamente uns 25 minutinhos. Escorra a água e esprema a abóbora com um espremedor de batatas.

Numa panela, misture o leite condensado, a abóbora e a manteiga. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até o conteúdo desprender do fundo (cerca de 15 minutos).

Coloque a massa num prato untado com manteiga e deixe esfriar.

Enrole os docinhos, passando pelo açúcar de confeiteiro e decore com um cravo-da-índia. Pra ficar com “cara” de abóbora, enrole como brigadeiro e depois afunde um pouquinho a parte onde colocará o cravo. Com a ajuda de um palito de dente, faça a bolinha ficar com formato de abóbora, ou seja, faça marcas verticais ao redor do docinho. Entendeu, né? Não tem erro!

Tempero Caseiro

ERVAS-PRONTAS.jpg

Você que não gosta de tempero pronto (daqueles industrializados), ou que esqueceu de comprar e na hora do desespero quer improvisar… Este post é pra vocês!

Antes agradeçam a Silvia Menon Rodrigues, pois a dica é dela.

Acompanhe e sinta-se a (o) mais nova (o) cozinheira (o) de mão cheia, com direito a tempero próprio e tudo.

Anote:

Pegue aquela sua forminha de gelo esperta e reserve!

Vá à feira ou na hortinha da sua casa e prepare-se para a “colheita”. rs

– manjericão,

– alecrim,

– cebolinha,

– salsinha,

– hortelã,

– cebola;

– alho;

– e o que mais o seu coração mandar. Tudo a gosto.

Pique as ervas, a cebola e o alho bem miudinho. Coloque tudo na forminha de gelo, até a metade de cada “buraquinho”. Preencha a outra metade com azeite. Tampe com papel filme e coloque no freezer.

O conteúdo irá congelar, e na hora de cozinhar é só retirar os cubinhos e mandar ver na receita.

Pizza de Frigideira – Caseira

shutterstock_1616815109-600x300.jpg

Esta receita eu “aprendi” no susto.

Sabe aquelas pizzinhas de frigideira que a gente compra no supermercado, pra ficar ali na zona de conforto, apreciando a preguiça? rs Pois é.

Dia desses resolvi inclui-la no cardápio do jantar. Fui ao mercado e comprei todos os ingredientes deliciosos para montá-la. Na hora de fazer, com tudo já engatilhado, notei que havia esquecido de comprar um item. Pois é, faltou “apenas” a pizzinha de frigideira. Coisa pouca, bobagem. Foi aí que apelei pra criatividade que estava adormecida e improvisei. Saca massa pra panqueca? Pois é. rs

Fiz a massa bem fininha e montei como pizza de frigideira. Não fica igual a original, mas não deixa de ser uma versão. Na hora do desespero é uma opção e tanto. Anote:

1 copo de leite

2 ovos

1 copo de farinha de trigo

1 colher de sopa de óleo ou azeite

1 pitadinha de sal

Coloque tudo no liquidificador e deixe até ficar homogêneo. Pré-aqueça uma “panquequeira” ou uma frigideira (daquelas que não grudam) com um fio de óleo ou azeite. Depois que esquentar o óleo, coloque a mistura com uma concha (dessas de feijão). Distribua o líquido por toda a frigideira, de maneira uniforme. Não coloque muito, apenas o suficiente para conseguir uma massa fina. Deixe assar rapidamente, até que ela comece a ficar sólida e a borda dourada. Com a ajuda de uma espátula ou espumadeira (como preferir), vire a massa e deixe dourar do outro lado. Reserve.

Repita o procedimento até acabar a mistura do liquidificador. (Ah! Pra aumentar a receita, dobre os ingredientes).

Depois monte a “pizzinha”: passe molho de tomate, coloque queijo e invista no recheio que preferir: carne, 4 queijos, frios, frango, peito de peru, etc. Agora faça o mesmo procedimento da opção comprada no mercado: coloque a massa já montada na frigideira com tampa, leve ao fogão em fogo baixo e aguarde 1 minutinho só pra derreter o queijo e aquecer os demais ingredientes. Tá pronto!

Sobremesa de Dia dos Pais

sorvete-caseiro-4

Quer surpreender seu pai e mostrar que você é especialista em sobremesa? Mesmo sabendo que no fundo você não tá com essa bola toda? Então anote!

Lembra daquela receita de sorvete (de 4 latas)? Então, vamos adaptá-la. Anote aí:

Liquidificador

*Não jogue a lata do leite condensado no lixo antes de finalizar tudo. É graças a ela que esta receita existe.

Ingredientes:

Leite Condensado

Creme de Leite

Leite em Pó

Leite

*Doce de Leite ou Brigadeiro a gosto (do seu pai) rs

*Nozes a gosto

*Castanha do Pará a gosto

*Castanha de Caju a gosto

* ingredientes diferenciais da receita original

Jogue todo o conteúdo do leite condensado e do creme de leite no liquidificador. Pegue a lata de leite condensado vazia e use como medida para o leite líquido e o leite em pó. Bata tudo no liquidificador. Numa forma devidamente preenchida com uma linda, saborosa e espessa camada de doce de leite ou brigadeiro, coloque a mistura do sorvete e disponibilize as castanhas e nozes. Leve ao freezer. Deixe congelar e está pronto. Depois é só desenformar; raspar o doce de leite ou brigadeiro que permanecer no fundo da forma, distribuí-lo por cima do sorvete; e servir. Hummm!

Docinho pra Festa Junina (ou Julina)

Trufa-de-Chocolate-para-Comprar.jpgEm junho e julho pipocam festas juninas e muitas vezes, junto com o convite chega um pedido: o de levar um prato, de preferência cheio, de doce ou salgado.

Não sei na sua família, mas na minha o pessoal repara… Quem leva pratos caseiros, ganha a admiração de todos. Quem leva prato pronto, do tipo paçoca e pé-de-moleque, não tem tanta moral e respeito assim. Pois é. Pessoas solteiras-jovens-e-curtindo-a-vida-adoidado até são absolvidas, mas as casadas são esperadas carregando um prato de guloseima caseira nas mãos; as casadas com filhos então, nem se fale.

Ano passado levei umas paçocas. Este ano não tive coragem e resolvi impressionar. Sem muita habilidade, tempo e paciência inventei um doce junino. Anote aí:

O esquema é dar uma adaptada naquela receita de salame de chocolate e deixa-la com cara de brigadeiro ou bombom, como preferir…

Ingredientes:

500g de biscoito ao leite (destes simples)

1 lata de leite condensado

2 xícaras (chá) de chocolate em pó

4 colheres (sopa) de manteiga (bem molinha)

12 paçocas molinhas (tipo rolha)

Chocolate branco ou ao leite

Como fazer:

Pegue o biscoito e divida em duas partes. Metade, quebre em pequenos pedaços, a outra metade bata no liquidificador.

Misture todo o biscoito, o leite condensado, o achocolatado, a paçoca amassadinha e a manteiga. Misture tudo com as mãos (tipo brincar na lama, mesmo). Tudo misturado? Faça bolas grandes com a massa. Enrole como se fossem grandes brigadeiros.

Distribua numa forma, feche com papel alumínio e leve ao freezer por aproximadamente 2 horas.

Depois desse tempo, pegue uma panela que caiba dentro de uma forma, e faça um banho maria pra derreter o chocolate, sem deixar pingar a água da forma na panela (isso desanda o chocolate).

Chocolate derretido? Pegue os docinhos no freezer, coloque numa bandeja bem bonita (pra impressionar, mesmo) e ponha uma calda de chocolate por cima de cada um (cubra o doce com o chocolate). Leve ao freezer novamente pra endurecer bem a cobertura. Quando estiver firme, envolva com papel alumínio, um a um, e mantenha gelando.

Tire uns minutinhos antes de servir e aproveite os elogios!

Ah! Você pode chama-lo de brigadeiro de festa junina ou de bombom de festa junina (como o seu coração mandar, ou como deixará sua família e amigos mais impressionados). rs

Sobremesa para o Dia dos Namorados

Crepe-Doce.jpgQuer fazer uma receita especial? Então anote essa receita que é sucesso!

Não precisa se descabelar que é tudo muito fácil. Cê pode até dizer que teve um trabalhão pra preparar…

Então chega de papo-furado e vamos lá!

Lembra daquela receita de sorvete (de 4 latas)? Então, vamos adaptá-la. Anote aí:

Liquidificador

*Não jogue a lata do leite condensado no lixo antes de finalizar tudo. É graças a ela que esta receita existe.

Ingredientes:

Leite Condensado

Creme de Leite

Leite em Pó

Leite

Doce de Leite (ingrediente diferencial da receita original)

Castanha e nozes (se quiser)

Jogue todo o conteúdo do leite condensado e do creme de leite no liquidificador. Pegue a lata de leite condensado vazia e use como medida para o leite líquido e o leite em pó. Bata tudo no liquidificador. Numa forma-magia em formato de cuore (ou coração, como preferir rs) devidamente preenchida com uma linda, saborosa e espessa camada de doce-de-leite-delícia, coloque a mistura do sorvete e leve ao freezer. Deixe congelar e está pronto. Depois é só desenformar e servir e com um acompanhamento.

Anote o acompanhamento:

Vá ao mercado e compre um pacote de pizza de frigideira. Na hora de servir o sorvete, aqueça a massa individualmente na frigideira por 2 ou 3 minutinhos (um pouco de cada lado). Leve a massa ao prato e divida ao meio. Com uma colher de sopa, espalhe o doce de leite num dos lados, distribua as castanhas e nozes por cima, cubra com a outra metade da massa. Sirva com o sorvete. Delíciaaaa!

Panqueca Sem Ovos

Panqueca.jpg

Dia desses fui repetir a receita de panquecas que aprendi a fazer durante uma ligação telefônica. (Pois é, liguei na casa da minha irmã me convidando pra jantar. Ela não ficou nada comovida e me ensinou, por telefone mesmo, a preparar panquecas).

Resolvi que faria panquecas pro jantar (novamente), enquanto perambulava pelo mercado. Do celular, acessei o blog, li as instruções e comprei os ingredientes. À noite preparei tudo, mas dobrei a receita. Ficou muitoooo boa, mesmo. Melhor que a primeira.

Aí, esta semana, mais uma vez apelei à panqueca, até porque tinha sobrado alguns ingredientes da outra vez, tipo farinha e ovos. Óbvio que eu não lembrava como fazia e recorri ao blog de novo (loucura, né? Eu tenho um blog de culinária e consulto as receitas cada vez que vou cozinhar). Fui lendo os ingredientes e recordando. Tive quase certeza que na última vez que preparei, dobrei tudo menos os ovos. Como o resultado final da panqueca anterior tinha ficado incrível, eu precisava saber quantos ovos tinha colocado (se tinha dobrado também ou não). Aí, como eles eram parte dos ingredientes que tinham sobrado, pensei: vou olhar quantos restam na caixinha pra saber quantos foram colocados da outra vez. Mas ao abrir a caixinha, tchanananam. Pasmem: ela estava inteirinha.

Ficou tão deliciosa que não notei no dia que havia esquecido um dos ingredientes principais. Diferente de quando fiz um bolo sem açúcar… Que virou um biscoitão gigante e duro.

Fiquei mais surpresa do que o dia que me peguei guardando cândida na geladeira. Só posso estar louca! Liguei pra minha mãe.

– Mãe? Cê-num-acredita. Tô locona!

– Que foi?

– Lembra daquela vez… (contei sobre minha descoberta culinária).

E agora estou aqui pra contar a novidade… Se você quer panqueca e acabou o ovo, não chore.

Anote a receita aí…

Os ingredientes são:

1 copo de leite

1 copo de farinha de trigo

1 colher de sopa de óleo ou azeite

1 pitadinha de sal

Ou seja, tudo menos os ovos.

Como preparar?

Muito fácil. Coloque tudo no liquidificador e deixe até ficar homogêneo. Pré-aqueça uma “panquequeira” ou uma frigideira (daquelas que não grudam) com um fio de óleo ou azeite. Depois que esquentar o óleo, coloque a massa com uma concha (dessas de feijão). Deixe assar rapidamente, até que ela comece a ficar sólida e a borda dourada. Com a ajuda de uma espátula ou espumadeira (como preferir), vire a panqueca e deixe dourar do outro lado. Reserve.

Repita o procedimento até acabar a mistura do liquidificador. (Pra aumentar a receita, dobre os ingredientes).

Depois recheie com o que quiser: carne, queijo, frios, frango e até brigadeiro. Enrole, coloque num refratário de vidro e aqueça no forno com molho de tomate e queijo ralado (para as opções salgadas, lógico).

E aí? Vai uma panqueca sem ovo?