Docinho pra Festa Junina (ou Julina)

Trufa-de-Chocolate-para-Comprar.jpgEm junho e julho pipocam festas juninas e muitas vezes, junto com o convite chega um pedido: o de levar um prato, de preferência cheio, de doce ou salgado.

Não sei na sua família, mas na minha o pessoal repara… Quem leva pratos caseiros, ganha a admiração de todos. Quem leva prato pronto, do tipo paçoca e pé-de-moleque, não tem tanta moral e respeito assim. Pois é. Pessoas solteiras-jovens-e-curtindo-a-vida-adoidado até são absolvidas, mas as casadas são esperadas carregando um prato de guloseima caseira nas mãos; as casadas com filhos então, nem se fale.

Ano passado levei umas paçocas. Este ano não tive coragem e resolvi impressionar. Sem muita habilidade, tempo e paciência inventei um doce junino. Anote aí:

O esquema é dar uma adaptada naquela receita de salame de chocolate e deixa-la com cara de brigadeiro ou bombom, como preferir…

Ingredientes:

500g de biscoito ao leite (destes simples)

1 lata de leite condensado

2 xícaras (chá) de chocolate em pó

4 colheres (sopa) de manteiga (bem molinha)

12 paçocas molinhas (tipo rolha)

Chocolate branco ou ao leite

Como fazer:

Pegue o biscoito e divida em duas partes. Metade, quebre em pequenos pedaços, a outra metade bata no liquidificador.

Misture todo o biscoito, o leite condensado, o achocolatado, a paçoca amassadinha e a manteiga. Misture tudo com as mãos (tipo brincar na lama, mesmo). Tudo misturado? Faça bolas grandes com a massa. Enrole como se fossem grandes brigadeiros.

Distribua numa forma, feche com papel alumínio e leve ao freezer por aproximadamente 2 horas.

Depois desse tempo, pegue uma panela que caiba dentro de uma forma, e faça um banho maria pra derreter o chocolate, sem deixar pingar a água da forma na panela (isso desanda o chocolate).

Chocolate derretido? Pegue os docinhos no freezer, coloque numa bandeja bem bonita (pra impressionar, mesmo) e ponha uma calda de chocolate por cima de cada um (cubra o doce com o chocolate). Leve ao freezer novamente pra endurecer bem a cobertura. Quando estiver firme, envolva com papel alumínio, um a um, e mantenha gelando.

Tire uns minutinhos antes de servir e aproveite os elogios!

Ah! Você pode chama-lo de brigadeiro de festa junina ou de bombom de festa junina (como o seu coração mandar, ou como deixará sua família e amigos mais impressionados). rs

Batatas Crocantes

Untitled-1.jpg

Pois, é. Tô valorizando bastante o cardápio teen: hambúrguer, fritas e milkshake. E aí vai mais uma receita de batatas… Mas, como nem sempre tenho bom-humor pra limpar o fogão depois de fritá-las, acaba de nascer mais uma adaptação, anota aí:

Batatas grandes

Farinha de trigo

Azeite

Sal

Orégano

Alecrim

Manteiga

Queijo ralado

Panela de pressão

Assadeira

Prato

Faca

Forno

Descasque as batatas e cozinhe por uns 20 minutos na pressão com um pouquinho de sal. Unte a assadeira com manteiga e farinha de trigo. Depois tire as batatas da panela, escorrendo toda a água. Corte cada uma em quatro partes, na vertical.

Coloque os pedaços na assadeira, acrescente uma pitadinha de sal e outra de orégano. Distribua farinha de trigo por cima das batatas. Coloque um fio de azeite. Leve ao forno pré-aquecido em temperatura média/alta. 20 minutos depois, abra o forno, vire as batatinhas pra uniformizar o bronzeado e acrescente o alecrim. Deixe mais 20 minutinhos. Acrescente o queijo ralado.

Depois de prontas, você terá batatas extremamente macias por dentro e crocante por fora, muitíssimo parecidas com as versões fritas. Hummmm!

Ovo de Páscoa (Recheado de Nutella)

13516445_612917055550383_1164189655709584189_n.jpg

A Páscoa já foi, mas os chocolates estão aí e o assunto ainda toma conta de muitas rodas de conversa. Então, anote a receita pro ano que vem. rs

Sumêmo! Resolvi me arriscar aos 45 do segundo tempo, mas descobri que fazer ovos não é nenhum coelho de sete cabeças. Pelo menos se for fazer pra você e pro pessoal da sua casa (sem frescura e sem medo de ser feliz).

Comecei procurando receitas de ovos de páscoa e durante a pesquisa, encontrei receitas parecidas ou iguais… E eu ficava indignada com aquela parte que você vira a forma de cabeça pra baixo e deixa o excesso de chocolate escorrer. Como assim, deixar o chocolate escorrer? Não, não. Isso está fora de cogitação. Chocolate é bom demais pra deixar escorrer… Desta forma parei de ler as receitas e adaptei, fazendo uma versão “quebra-galho” sem desperdícios e sem sujeiras (dá até pra comemorar).

Anote aí:

Você vai precisar de forminhas de ovos

Chocolate de sua preferência: ao leite, meio-amargo, branco ou blend (de marca boa, sem miséria)

Bombom pronto (rsrs)

Nutella

Forma

Panela

Água quente

Água gelada

Fogão

Faca

Colher

Freezer ou congelador

Pratos de sopas

E muita vontade de comer chocolate!

Lave as forminhas, afinal você não vai querer usá-las do jeito que vieram da loja, certo? Deixe que a natureza se encarregue de secar (nada de passar pano de prato que solta fiapinhos, ok?).

O próximo passo é colocar as forminhas no freezer ou congelador. Deixe lá… Vá jogar conversa fora no telefone, assistir TV, tomar um cafezinho. Depois de um tempinho, uns 30 minutos, derreta o chocolate em banho maria. Lembra, né? Aquele esquema de esquentar água numa forma com a panela dentro? Então. É esse mesmo. Coloque o chocolate na panela e não deixe, nem mesmo, meia gota de água cair dentro da panela. Sim, uma mísera gotinha de água pode destruir todo o seu chocolate, portanto cuidado!

Chocolate derretido? Vá tomar outro café, fazer outra ligação, responder um e-mail. Deixe o chocolate esfriando por uns 10 minutinhos.

Minutos passados, encha o prato de sopa com água gelada. Agora vá ao freezer e pegue sua forma geladinha. Coloque dentro do prato de água e vá adicionando o chocolate no espaço que forma o ovo. Distribua bem com uma colher e leve ao freezer. Deixe lá por uns 15 minutos.

Pegue a forma novamente, coloque no prato de sopa com água gelada e coloque a segunda camada de chocolate. Distribua bem e volte ao freezer por mais 15 minutinhos.

Pegou o “segredo”? É trabalhar com baixas temperaturas: facilita muuuuito.

15 minutinhos depois, coloque Nutella no seu projeto de ovo, espalhe por toda a parte (não demore muito, pro chocolate não derreter), volte ao freezer por mais 15 minutos.

Pronto? Forma, prato, água gelada. Cubra a Nutella com mais chocolate. Espelhe bem. Coloque chocolate sem miséria. Sempre que necessário, vá virando a forma pro chocolate ir preenchendo os lugares necessários. Volte ao freezer com o prato de sopa com água gelada e tudo. Deixe gelando.

20 minutos depois, tire do freezer. Vire a forminha num prato seco. O ovo sai lindo, brilhante e bonitão. Repita todo o procedimento para a outra metade. Se quiser fazer esta parte com chocolate branco, saiba que ele é mais chatinho pra derreter. Eu até deixo um restinho do chocolate ao leite na panela, pois parece que facilita o derretimento do branco. Pode ser ilusão, mas parece que dá certo. Rsrs

Depois que tudo estiver pronto é só colocar os bombons de sua preferência dentro dos ovos, embrulhar e tá pronto! 😉

Quanto à parte do choque térmico das receitas tradicionais, como você pode notar, eu faltei daquela aula e aqui não foi feito nada a respeito, até porque não faço ideia como faz. Pra não ter erro, o negócio é guardar os ovos na geladeira que não tem tempo ruim.